Home » Quem Somos

Quem Somos

O Lar Santa Mônica é um projeto social da Associação Beneficente dos Agostinianos Recoletos de Fortaleza – ABARF, fundada pela Ordem dos Agostinianos Recoletos no ano 2007, organização de caráter internacional que promove projetos sociais e de desenvolvimento humano em 19 países, em quatro Continentes.

Diante da dramática situação de vulnerabilidade e violência (principalmente a exploração e abuso sexual) que vivem crianças e adolescentes de gênero feminino nos bairros mais carentes da cidade de Fortaleza, a ABARF se propôs criar o projeto LAR SANTA MÔNICA, para promover o resgate e cuidado da vida destas meninas.

Através do acolhimento em Casa Lares e de um processo de acompanhamento pessoal e comunitário, o Lar Santa Mônica reduz o risco social e familiar em que estão inseridas crianças e adolescentes de 7 a 18 anos, vitimas de abuso/exploração sexual ou em grave risco de padecê-lo, bem como protegê-las de outras situações de vulnerabilidade emergentes do contexto social, familiar e ambiental em que vivem como a extrema pobreza, os maus tratos psicológicos e sexuais, etc.

No ano 2009 a ABARF ingressa na Associação Condomínio Espiritual Uirapurú – CEU, e foi dentro desta organização que no ano 2008 começou a construção das instalações da Unidade de Acolhimento – “Lar Santa Mônica”. Hoje são três casas de acolhida com capacidade de 12 crianças e adolescentes cada uma delas. As instalações estão em constante crescimento para oferecer um melhor e maior recurso ao trabalho desenvolvido pela equipe.

Desde o momento da sua inauguração o Lar Santa Mônica tem acolhido mais de 100 crianças/adolescentes, sendo que atualmente estão acolhidas 36 (numero máximo de acolhimento que entidade comporta) e mais 02 jovens maiores de 18 anos em regime de Republica, espaço que pode acolher até 06 jovens, dedicado ao protagonismo juvenil, capacitação profissional, inserção no mercado de trabalho e reinserção social.

Contamos com uma excelente equipe de funcionários (educadores sociais e cuidadoras, psicóloga, assistente social, professora, cozinheiras, serviços gerais) e um grupo de voluntários nas áreas de ginecologia, odontologia, preparação física, psicopedagogia, assistência social, contabilidade, e artes… Atualmente a Coordenação da Unidade de Acolhida está nas mãos das religiosas Missionárias Agostinianas Recoletas, e a Direção e Presidência da Associação recaem na Ordem dos Agostinianos Recoletos, fundadora da Instituição.

A proposta do Lar Santa Monica é ser o mais parecido a um lar, com características de proteção e moradia, visando à garantia de direitos a convivência comunitária e o fortalecimento dos vínculos familiares, sendo estes de preferência em famílias de origem.

O Lar Santa Mônica trabalha em rede com instituições publicas (vara da infância e da Juventude, para juntos garantir os direitos das crianças e adolescentes acolhidas, segundo os princípios e premissas do Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA.

Embora não sendo uma organização governamental, pleiteamos também a participação do poder público através dos seus diversos organismos, no que se refere às políticas básicas de promoção social, visando o investimento na família para obtermos o breve retorno da criança e adolescente ao seio familiar.

Em suma, o Lar Santa Monica ao acolher as meninas, faz um trabalho psicossocial com as famílias no sentido de promovê-las em um contexto global (humano e financeiro), tendo como objetivo sempre a manutenção do vinculo e a reinserção familiar. Esse acompanhamento se dá principalmente através das visitas domiciliares e das visitas das famílias na Instituição.

Contato

(85) 3469.9177

(85) 9 8894-1135

larsantamonica@agustinosrecoletos.org.br

Av.Alberto Craveiro, 2222, Boa Vista, CEU

Cadastre-se na nossa Newslleter